EDUCAÇÃO

Voltar
09/10/2017 | 15h46 | Diene Batista

Atuação do promotor é tema de palestra


Evento faz parte de ação do Núcleo de Prática Jurídica e reuniu alunos de Direito da universidade

 

Em palestra aos acadêmicos de Direito da PUC Goiás o promotor  de Justiça Danni Sales, da 1ª Promotoria de Anicuns,  defendeu o atendimento ao cidadão como uma das prioridades da profissão. O evento ocorre no Teatro PUC, no Câmpus V, na manhã desta segunda-feira, 9.  Compartilhando as experiências da atuação, ele participou do ciclo de palestras organizado pelo Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da instituição. A atividade faz parte da disciplina Prática Jurídica I – Audiência e Visitas.

 

Salles recordou a atuação pós-aprovação no concurso e disse que, inicialmente, tentou determinar um horário de atendimento ao público. Ele só percebeu o equívoco quando deixou de atender um homem que o procurou na promotoria para resolver uma briga entre vizinhos. “À época, eu pensei: que tipo de emprego alcancei, sendo que quero disciplinar o horário em que atendo as pessoas”, recordou.

 

Ao relembrar um júri em que conseguiu a absolvição de um jovem e foi agradecido pelo seu sobrinho de apenas quatro anos, ele argumentou que o salário do promotor vai muito além do valor em dinheiro. “Esse é o salário do promotor Justiça: a independência que ele tem de abraçar esse tipo de valor”, afirmou.

 

Ciclo

Durante todo o semestre, são realizadas palestras que abordam a atuação, as atribuições e a estrutura de diferentes órgãos. Ao todo, serão oito encontros. O ciclo foi aberto em agosto, com palestra de representante da Polícia Federal (PF). Em setembro, o trabalho da Polícia Civil (PC) foi abordado.

 

Ainda serão realizados encontros com representantes do Ministério Público Federal, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Tribunal Regional do Trabalho – audiência e sessão de julgamento – e Conselho Penitenciário.

 

Compartilhe: