EDUCAÇÃO

Voltar
08/05/2018 | 13h42 | Belisa Monteiro

Jornada da Cidadania é lançada oficialmente ao público


Ana Paula Abrão

A 5ª edição da Jornada de Cidadania, promovida pela PUC Goiás e Arquidiocese de Goiânia, foi lançada na manhã desta terça-feira, 8, no auditório da Cúria Metropolitana. Com a expectativa de superar o atendimento recorde da última edição, que realizou 859.355 atendimentos gratuitos para 142 mil visitantes, os serviços neste ano serão ampliados, sobretudo, na Estação Saúde e Estação Beleza, devido ao aumento da demanda nos últimos anos. O evento será realizado de 24 a 26 de maio, no Centro de Convenções PUC (Câmpus II), com serviços gratuitos para a comunidade em geral, nas áreas jurídica, de saúde, cidadania, lazer, cultura, empreendedorismo, entre outras.

 

Durante a solenidade de lançamento, o reitor da instituição, prof. Wolmir Amado , pontuou o ineditismo do evento, já que não existe iniciativa semelhante em nenhuma universidade brasileira. É realizado anualmente há 13 anos e  vai ao encontro da missão da universidade e da própria Igreja em promover a responsabilidade social. “É uma resposta à comunidade, de serviço, solidariedade, cidadania e do bem comum. Nos últimos anos, congregamos a Feira da Solidariedade e a Semana de Cultura e Cidadania e isso deu um novo impulso nas obras sociais das comunidades, associações, órgãos públicos e centros de referência de atendimento”, observou o gestor.

 

Entre os parceiros do evento, a novidade do ano é a participação da UFG e, segundo o reitor, o intuito é que a iniciativa possa contemplar todo o estado goiano. Além disso, pontuou a continuidade do trabalho social junto à comunidade, por meio dos projetos de extensão da PUC Goiás, com ações focadas na criança, adolescente, idoso e pessoas em situação de vulnerabilidade.

 

Coordenadora geral da Jornada da Cidadania, a profa. Márcia de Alencar destacou o êxito do evento, que pauta a agenda do estado de Goiás e do município de Goiânia. “Manteremos as principais parcerias responsáveis pela existência do nosso evento, como o governo estadual e as prefeituras de Goiânia, Aparecida, Senador Canedo. A nossa intenção é que seja uma grande festa da cidadania e da esperança, além de contribuir para um país melhor, mais justo, fraterno e solidário”, afirmou.

 

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, destacou a participação da Prefeitura desde o primeiro ano da iniciativa, além de destacar a colaboração da PUC e Arquidiocese de Goiânia na administração pública, na área social. “ Muitas vezes, o poder público se sente pequeno diante de tantos problemas e, daí, aparecem instituições para ajudar a sociedade com um gesto digno. A PUC nos mostra que todos estão preocupados com as questões sociais da nossa população”, afirmou.

 

No lançamento, também foram homenageadas as personalidades que colaboram para a realização da Jornada da Cidadania. Na ocasião, o arcebispo de Goiânia, dom Washington Cruz, fez uma reflexão sobre a esperança e sobre as pessoas que tornam possíveis as obras do bem : “há uma esperança teologal. Às vezes, vemos muitas coisas erradas, mas ela não decepciona, pois é sobrenatural, em Deus, que nos estimula para a frente, sempre mais para o alto”, declarou.

Compartilhe: