JORNALISMO

Voltar
04/07/2019 | 16h26 | Governo de Goiás

Crer promove acolhimento de pacientes e familiares em UTI


Governo de Goiás

Visita estendida humaniza atendimento


Diminuir os efeitos psicológicos e emocionais causados por um longo período de internação e entender as necessidades do paciente e de seus familiares é um desafio constante para a equipe da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer), unidade da Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO).

 

Para promover esse melhor acolhimento do usuário e humanização do atendimento, a equipe multidisciplinar da UTI do hospital investe no projeto da visita estendida, que amplia o horário em que o paciente pode ficar acompanhado dentro da unidade.

 

Elaine Galvão do Nascimento, de 49 anos, faz parte do projeto da visita estendida. Internada na UTI do hospital há mais de quatro meses, em decorrência de um AVC, a paciente pôde desfrutar do amor e da atenção da família durante quatro horas por dia.

 

“Minha mãe estava muito depressiva, só chorava. Eu vinha visitá-la e tinha apenas 30 minutos para cuidar e dar amor. Para nós, familiares, é um tempo curto demais, o que causa muito sofrimento, tanto para a família quanto para o paciente. Ter a possibilidade de ficar mais tempo perto da minha mãe traz conforto para o coração. Sou grata à equipe da UTI do Crer, que nos proporcionou esse acolhimento”, explica Ana Flávia Galvão da Silva, filha da paciente.

 

Avaliação psicológica


A psicóloga Cristiane Dias explica que a decisão da visita estendida para a dona Elaine foi tomada em conjunto com todos os profissionais da unidade depois de uma avaliação psicológica da paciente. “Depois da liberação da visita em horário estendido, Dona Elaine se transformou, está mais calma e menos ansiosa. Sabemos que o emocional é muito importante para a evolução do quadro clínico”.

 

Outro ponto destacado pela psicóloga é o cuidado em acolher a família do paciente. “O impacto positivo no emocional das famílias e acompanhantes é muito grande, notamos que eles ficam mais confiantes e com menos receio do ambiente hospitalar. É como uma rede de acolhimento, que envolve todo o núcleo familiar do paciente”.

 

Normalmente, as visitas na UTI ocorrem uma vez ao dia e têm duração de 30 minutos. Com o horário estendido, o acompanhante pode ficar com o paciente das 14h às 18h, todos os dias da semana.

Compartilhe: