JORNALISMO

Voltar
02/06/2017 | 11h25 | Goiás Agora

Detran implanta prova eletrônica de legislação em mais três cidades


Reprodução

Os candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Senador Canedo, Caldazinha e Bela Vista estão usando computadores para fazer a prova de Legislação de Trânsito (LT). O novo formato garante celeridade aos processos, pois o resultado é liberado logo após o exame, permitindo que os candidatos avancem para a próxima fase sem ter que esperar. O exame de Legislação de Trânsito (LT), ou teórico, é obrigatório e  pré-requisito para o início das aulas práticas de direção veicular.

 

A mudança permite que o candidato se submeta à prova de LT com maior comodidade e flexibilidade de horário. Na prova eletrônica, que já funciona em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade e Anápolis, o resultado é informado no momento do término do teste. Caso tenha sido aprovado, o aluno recebe, em 24 horas, a autorização para começar a próxima etapa do processo, ou seja, poderá iniciar as aulas práticas de direção. Nos locais onde a prova ainda é escrita, o candidato espera, em média, cinco dias para receber essa autorização.

 

De acordo com Manoel Xavier, a agilidade e a transparência são os grandes diferenciais da prova eletrônica. “A pessoa fica sabendo na hora, o resultado. Sai da sala de prova sabendo o que errou e o que acertou. Além da segurança, pois conta com o controle biométrico”.

 

A prova é aplicada em computadores. Para iniciá-la, é necessário o reconhecimento digital do aluno. Os candidatos têm 60 minutos para concluir o teste e o resultado é divulgado imediatamente, na tela do computador após o término. São aplicadas 30 questões sorteadas automaticamente do banco dados do órgão, que disponibiliza de 900 questões. É exigido 70% de acertos para a aprovação.

 

Compartilhe: