JORNALISMO

Voltar
06/12/2018 | 14h04 | Antonio Bento, da Diretoria de Jornalismo - Prefeitura de Goiânia

Fiscalização nas ruas da Capital ganha reforço no final de ano


Prefeitura de Goiânia

Mais agentes, mudanças no tempo semafórico e bases fixas de controle na região da 44 são algumas medidas anunciadas pela SMT

 

Mais agentes controlando o trânsito em regiões de intenso movimento como a região da 44, manutenção do sistema de faixa azul para estacionamento e mudanças pontuais no tempo semafórico foram algumas das ações anunciadas em coletiva à imprensa nesta quarta-feira, 5, pelo secretário municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), Fernando Santana.

Principal região comercial da cidade, a 44 terá reforço de agentes com a implantação de sete pontos fixos com fiscais. Entre a 67 A, na conversão com a Marginal Botafogo; 67 A com a Avenida Contorno; Contorno com Independência; Rua 44 com Independência, na conversão da 44 com a Contorno; e Oeste com a Goiás. “Será um círculo em volta da região, que será monitorado em pontos fixos e terá agentes circulando em motocicletas”, disse Santana.

O titular da SMT afirmou  que o reforço se deu após um planejamento de ações desenvolvido pela pasta para mitigar os efeitos do grande número de compradores que vem de todo país e vizinhos da América do Sul. “Vamos estar mais presentes com um número  maior de agentes na região da 44, Campinas e Centro de Goiânia”, afirmou.

O trabalho será estendido em Campinas e Centro, regiões muito procuradas no final do ano. Em Campinas a força tarefa ficará entre a Praça A e Praça Joaquim Lúcio e Avenida 24 e Anhanguera. “A ação inicial do agente é estar educando e controlando. A primeira abordagem vai ser a solicitação para mudar o comportamento e, se houver a insistência, haverá multa”, esclarece.  

Santana afirma que a área de monitoramento está sendo ampliada para melhorar a trafegabilidade dos veículos e também do fluxo da rodoviária e a ação soma a outras áreas da prefeitura. “A fiscalização da Seplanh vai estar presente e a Guarda Municipal também. Vamos dar conta de manter a ordem e uma mobilidade maior na região”, garante.

O secretário lembrou ainda que a região é um dos maiores centros comerciais do País e orienta que o comprador vá de ônibus, taxi ou aplicativos. Questionado sobre o sistema de Área Azul, Fernando garantiu que continua normalmente e acrescentou que alguns semáforos nas áreas de maior movimento podem sofrer alterações

Compartilhe: