JORNALISMO

Voltar
06/06/2019 | 13h51 | Belisa Monteiro - PUC Notícias

Programas e projetos de extensão abrem vagas para novos voluntários


Weslley Cruz (arquivo)

Quer colaborar com uma boa causa e, ao mesmo tempo, aprimorar a sua experiência profissional?! Inscrições para voluntariado estão abertas até o dia 26 de junho

 

A PUC Goiás está com inscrições abertas para voluntários em seus programas e projetos de extensão. Os interessados devem efetuar cadastro no SOL até o dia 26 de junho. Além de ser um espaço de formação e troca de experiências, a efetiva participação como voluntário(a) concede ao estudante certificação semestral, conforme registro da frequência.

 

A formação geral e específica dos candidatos selecionados ocorre entre os dias 12 e 16 de agosto. O cronograma será enviado por e-mail aos acadêmicos. A Pró-Reitoria de Extensão e Apoio Estudantil (Proex) ressalta que a participação do voluntário no momento formativo é obrigatória.

 

Onde posso atuar?

 

A universidade conta com dezenas de programas e projetos de extensão que atendem públicos diversos: crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social; idosos; pessoas em situação de rua; pessoas com deficiência, além de cursos profissionalizantes ou oficinas culturais que ofertam vagas para a população em geral.

 

No ato da inscrição, o estudante pode optar por qualquer um dos projetos mencionados abaixo. Vale destacar que é importante escolher uma segunda opção de voluntariado, caso as vagas no programa escolhido já tenham sido preenchidas. Caso você mude de ideia em relação à escolha do projeto, a mudança pode ser feita, também, no dia do treinamento.

 

Os programas e projetos que disponibilizam vagas para voluntários são: Coordenação de Arte e Cultura (CAC), Coordenação de Assuntos Estudantis (CAE), Coordenação de Extensão (Cdex), Cadeia de Inovação, Programa de Direitos Humanos (PDH), Programa de Gerontologia Social (PGS), Programa Em Nome da Vida (PNV), Programa Socioambiental e de Economia Solidária (Prosa), Programa de Referência em Inclusão Social (Pris), Instituto Dom Fernando (IDF), Centro de Educação Comunitária de Meninas e Meninos (Cecom); Centro de Estudo, Pesquisa e Extensão Aldeia Juvenil; Escola de Circo Dom Fernando e Escola de Formação da Juventude.

Compartilhe: